Vale a pena fazer um curso EAD? Quais os prós e contras?

Muito tem se falado sobre a possibilidade de realizar formações de diversos níveis à distância e ainda existem muitos mitos sobre a modalidade. Quem está pensando em começar um curso EAD vai se deparar com diversas questões, como por exemplo: será que vale realmente a pena? Para saber a resposta é preciso antes comparar os prós e contras dos cursos à distância.

PRÓS

Possibilidade de bolsas

Você sabia que existem diversas oportunidades para você começar a sua formação EAD sem nenhum custo? Isto porque, a popularização da modalidade fez com que os programas de bolsa de estudo ofertassem cursos na área.

Os interessados podem se profissionalizar para o mercado sem sair de casa, apenas se cadastrando para um dos cursos gratuitos que estão sendo ofertados para esse ano.

Custo acessível

Como o curso funciona através de uma plataforma digital, os gastos com lugar físico, energia e professores é basicamente muito em conta para as instituições.

Por isso, há a possibilidade de um preço mais acessível para as formações da modalidade à distância. Já pensou em estudar pagando pouco?

Bem, quem prefere arriscar uma bolsa de estudo, pode se informar através do link: http://senac2018.com/

Otimização de tempo

A maior vantagem para quem está pensando em começar um curso à distância, com certeza, será a otimização de tempo. Afinal, o estudante não precisa se deslocar constantemente para a instituição.

Além disso, o próprio aluno pode estabelecer os melhores horários para assistir suas aulas, podendo ser inclusive até nos finais de semana.

CONTRAS

Preconceito profissional

Apesar da popularização da modalidade EAD, ainda existe muito preconceito por parte de algumas pessoas. Na maioria das vezes, o curso EAD pode ser interpretado como inferior.

Para evitar esse tipo de situação, o estudante deve sempre optar por instituições renomadas e reconhecidas pelo Ministério da  Educação (MEC).

Comodismo

Um outro ponto que pode acabar pegando o estudante que estuda online é o comodismo. Isto porque, como o curso é à distância depende do próprio estudante montar seus horários para assistir as aulas e estudar.

Muita gente acaba caindo no comodismo e adiando os conteúdos até atrasar. Mas por outro lado, essa autonomia também pode ser uma grande vantagem.

Baixa sociabilização

Esse aspecto negativo, na verdade, pode ser interpretado de diferentes formas. Para alguns estudantes, a falta de contato com outras pessoas cursando a mesma formação é uma desvantagem, enquanto para outras, o individualismo tende funcionar melhor.

Muitos educadores defendem a sociabilização como um fator que estimula o aprendizado e prepara os estudantes para o mercado de trabalho. Mas vale lembrar que também existe a modalidade semi presencial para equilibrar ambas as situações.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *