Veja quem pode participar da segunda chamada do SISU

Está em busca de uma oportunidade para começar o seu curso superior? Então vale a pena ficar informado sobre todas as suas opções, como por exemplo, a segunda chamada do Sisu que fica disponível para alguns estudantes.

Esse é um recurso muito importante para os estudantes e é responsável pelo ingresso de centenas de pessoas no ensino superior.

Como o Sisu funciona?

O Sistema de Seleção Unificada (SISU) é um dos sistemas padrões do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), voltado para a distribuição de vagas do ensino público.

Quem irá participar das inscrições do Sisu, deve ter alcançado pontuação mínima de 450 pontos no Enem e se candidatar as vagas através do sistema dentro das datas do SISU 2020.

Para distribuir as vagas, o Sisu utiliza o sistema de nota de cortes, gerado para cada curso a partir da pontuação mínima dos estudantes que estão concorrendo às vagas.

O que é a segunda chamada do Sisu?

Nem todo mundo sabe, mas o Sistema de Seleção Unificada disponibiliza vagas após a primeira seleção, que acontece um pouco antes do semestre inicial.

E é justamente nesse período que os estudantes podem participar da segunda chamada do Sisu, na qual o percentual de remanejamento ou desistência são preenchidas.

A segunda chamada, na verdade, é a lista de espera para qual os candidatos podem se inscrever e estar concorrendo a esse percentual de vagas com a mesma nota.

Quem pode participar?

O primeiro requisito para estar concorrendo às vagas disponíveis é ter alcançado a pontuação mínima de 450 pontos. Além disso, o estudante também não pode ter zerado a prova de redação.

Um outro ponto muito importante é não ter sido aprovado nem na primeira nem na segunda opção de curso registrada na sua inscrição do Sisu.

Se o estudante for selecionado, por exemplo, na sua segunda opção de curso, este não pode entrar na lista de espera do primeiro para a próxima entrada.

Como se inscrever?

O processo de inscrição para a segunda chamada é bem simples, mas não é automático. O candidato precisa acessar o “Boletim do Candidato” antes.

Nessa página, o mesmo encontrará a opção “participar da lista de espera” abaixo dos dados da sua primeira opção de curso. Se o botão não estiver disponível, é porque a candidatura do estudante não é reconhecida devido aos motivos já mencionados anteriormente.

Vale a pena fazer um curso EAD? Quais os prós e contras?

Muito tem se falado sobre a possibilidade de realizar formações de diversos níveis à distância e ainda existem muitos mitos sobre a modalidade. Quem está pensando em começar um curso EAD vai se deparar com diversas questões, como por exemplo: será que vale realmente a pena? Para saber a resposta é preciso antes comparar os prós e contras dos cursos à distância.

PRÓS

Possibilidade de bolsas

Você sabia que existem diversas oportunidades para você começar a sua formação EAD sem nenhum custo? Isto porque, a popularização da modalidade fez com que os programas de bolsa de estudo ofertassem cursos na área.

Os interessados podem se profissionalizar para o mercado sem sair de casa, apenas se cadastrando para um dos cursos gratuitos que estão sendo ofertados para esse ano.

Custo acessível

Como o curso funciona através de uma plataforma digital, os gastos com lugar físico, energia e professores é basicamente muito em conta para as instituições.

Por isso, há a possibilidade de um preço mais acessível para as formações da modalidade à distância. Já pensou em estudar pagando pouco?

Bem, quem prefere arriscar uma bolsa de estudo, pode se informar através do link: http://senac2018.com/

Otimização de tempo

A maior vantagem para quem está pensando em começar um curso à distância, com certeza, será a otimização de tempo. Afinal, o estudante não precisa se deslocar constantemente para a instituição.

Além disso, o próprio aluno pode estabelecer os melhores horários para assistir suas aulas, podendo ser inclusive até nos finais de semana.

CONTRAS

Preconceito profissional

Apesar da popularização da modalidade EAD, ainda existe muito preconceito por parte de algumas pessoas. Na maioria das vezes, o curso EAD pode ser interpretado como inferior.

Para evitar esse tipo de situação, o estudante deve sempre optar por instituições renomadas e reconhecidas pelo Ministério da  Educação (MEC).

Comodismo

Um outro ponto que pode acabar pegando o estudante que estuda online é o comodismo. Isto porque, como o curso é à distância depende do próprio estudante montar seus horários para assistir as aulas e estudar.

Muita gente acaba caindo no comodismo e adiando os conteúdos até atrasar. Mas por outro lado, essa autonomia também pode ser uma grande vantagem.

Baixa sociabilização

Esse aspecto negativo, na verdade, pode ser interpretado de diferentes formas. Para alguns estudantes, a falta de contato com outras pessoas cursando a mesma formação é uma desvantagem, enquanto para outras, o individualismo tende funcionar melhor.

Muitos educadores defendem a sociabilização como um fator que estimula o aprendizado e prepara os estudantes para o mercado de trabalho. Mas vale lembrar que também existe a modalidade semi presencial para equilibrar ambas as situações.

Como anda o investimento no ensino médio no Brasil?

A educação é um dos aspectos mais importantes de uma sociedade. Quando há investimento cabível nesse viés, é provável um crescimento considerável daquela região. Mas como será que anda esse investimento no nosso país? Vamos ver a seguir como anda o investimento para o ensino médio no Brasil:

Recursos

Em primeiro lugar vamos falar sobre o investimento em relação aos recursos utilizados pelos alunos. No ensino médio, em algumas escolas de referência, existia uma inciativa que proporcionava a distribuição de tablets do governo para os estudantes.

Muitos foram beneficiados e passaram a ter um acesso mais amplo aos conteúdos da rede, mas de uns anos para cá o investimento dessa inciativa caiu e os tablets deixaram de chegar às instituições de ensino.

Em contrapartida, há uma maior possibilidade de acessar gratuitamente conteúdos extraclasse. É o caso do Caderno do Aluno, um recurso que permite acesso a um material exclusivo.

Esse material é dividido em apostilas juntamente a exercícios de fixação. O caderno pode ser utilizado par auxiliar tanto os alunos quanto os professores.

Vale mencionar também que uma porcentagem de investimento do Governo para com a educação é referente a distribuição do material escolar nas escolas públicas. O kit é oferecido sem custo para os estudantes.

Programas

O Governo de cada estado tem liberdade para promover projetos dentro das escolas. O Governo de Penambuco, por exemplo, possui um projeto de intercâmbio chamado Programa Ganhe o Mundo.

Anualmente, o Governo do estado de Pernambuco investe milhões na preparação e envio desses estudantes para países como Nova Zelândia, Canadá, Austrália, Argentina, entre outros.

Ainda sobre o Nordeste, vale mencionar que a Paraíba tem uma inciativa parecida hama Programa Gira Mundo, em que o objetivo principal é proporcionar o aprendizado de uma segunda língua  e promover a possibilidade de intercâmbio para alguns.

Escolas de Referência

Há uma especulação de que  Governo gasta anualmente cerca de US$ 4.450 por auno da rede pública. Esse valor é investido na educação em geral assim como nos recursos oferecidos a este estudante.

Além disso, a média de investimento para as escolas em geral é de 120 bilhões. A distribuição do dinheiro não possui uma manutenção fixa, então fica difícil prever como esse dinheiro está sendo gasto.

O que podemos afirmar é que em alguns estados, como o Rio de Janeiro e São Paulo, o investimento nas escolas públicas de referência foi grande. Há uma expectativa de que mais e mais escolas de referência sejam inauguradas no país.

FONTE

Quais são os requisitos necessários para as inscrições no Prouni

Recém formados no Ensino Médio buscam uma chance de ingresso na universidade. Mas não só eles, todos os jovens e adultos brasileiros estão dispostos a iniciar a graduação para melhor se capacitar. A rede particular de ensino possui uma série de cursos, em locais e turnos bem flexíveis. Para ajudar, o Governo Federal criou o Prouni que oferece bolsa de estudo nas instituições privadas.

Como funciona o Prouni

Criado em 2004, o Programa Universidade para Todos (PROUNI) é uma iniciativa do Governo Federal. E tem como objetivo oferecer bolsas de estudos integrais e parciais nas redes privadas de ensino superior. Ao contrário do SISU 2020 que oferta vagas em universidades públicas.

Duas vezes ao ano, no início de cada semestre, o programa abre novas oportunidades para os interessados. São vagas em centenas de instituições de todo o país.

Para concorrer a uma vaga é preciso se inscrever usando o login e senha do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) do ano anterior. Pois, a disputa acontece com base na pontuação conquistada na prova.

Na ocasião, será preciso escolher até duas opções de instituição, curso e turno. Automaticamente o candidato passa a disputar pela vaga desejada, conforme o seu perfil e as informações inseridas.

Requisitos necessários para se inscrever no Prouni

As inscrições acontecem via internet, os candidatos podem conseguir uma bolsa de 50% do valor total do curso e uma bolsa integral. Dependendo do perfil e da renda do inscrito.

Para se candidatar é preciso cumprir com pelo menos uma das exigências, em que é solicitado:

  • Ter cursando o Ensino Médio em escola da rede pública;
  • Ter cursado o Ensino Médio em escola da rede particular como bolsista integral;
  • Ter cursado o Ensino Médio parcialmente em rede pública, e parcialmente em rede particular como bolsista integral;
  • Possuir algum tipo de deficiência;
  • Professor da rede pública de ensino que concorra exclusivamente ao curso de licenciatura.

Em seguida, certificando-se de que possui um desses atributos. O candidato deve ainda:

  • Pontuar no mínimo 450 pontos no ENEM na prova objetiva, e mais que zero na redação;
  • Bolsa integral: possuir renda familiar mensal de até 1,5 salários mínimos por pessoa;
  • Bolsa parcial: possuir renda familiar mensal de até 3 salários mínimos por pessoa.

Passo a passo inscrições Prouni

Na primeira quinzena dos meses de janeiro e junho, os candidatos podem acessar o site para fazer sua inscrição no Prouni. Inserindo seus dados cadastrais e informando os cursos para aos quais pretende disputar com sua nota no ENEM.

Veja abaixo como se inscrever:

  • No site do sistema Prouni clique em ‘Fazer inscrição’;
  • Insira os dados solicitados para login e selecione ‘Entrar no Prouni’;
  • Informe os dados em todos os passos da ficha, inclusive escolhendo os cursos desejados.

Descubra como é contabilizada a nota do Enem?

O Exame Nacional do Ensino Médio padronizou o ingresso dos estudantes da universidade e é hoje, um dos exames mais  importantes realizados no país. Para ser provado e garantir o seu sucesso, é necessário tirar uma boa nota no Enem. É preciso também entender de que forma essa nota é construído para que você saiba em que área de estudo focar. Para entender melhor o assunto, continue conosco e leia o texto abaixo!

O Enem é um exame que aborda diversos assuntos vistos no ensino fundamental e no ensino médio. Na prova, você encontrará 45 questões de cada uma das matérias selecionadas. Além destas questões, o estudante também terá de responder a uma prova de redação. Todo esse conjunto de respostas será importante para definir a sua nota do Enem e por isso, vamos entender o passo a passo deste concurso.

Como funciona o Enem?

A primeira coisa que você deve saber é que o Enem é aplicado em dois domingos consecutivos de novembro. Durante a realização de prova, você deverá responder as questões e depois preencher o gabarito com as alternativas marcadas.

Com a nota que você conquistar no Enem você poderá participar das inscrições Prouni 2020 assim como as inscrições do Sisu 2020. Mas vale lembrar que só serão selecionados os alunos que estiverem acima da nota de corte do curso escolhido.

Quanto preciso para ser aprovado?

A nota de corte de cada curso será responsável por selecionar os candidatos aprovados. Esta nota é estabelecida pela quantidade de vagas oferecidas para determinado curso e pela nota dos participantes que se candidataram a ela.

Para se inscrever no PROUNI 2020por exemplo, é exigido que o candidato alcance uma média de, pelo menos, 450 pontos. Também é exigido que o mesmo não tire 0 na redação do Enem. Assim, ele poderá se inscrever nos programas e concorrer as bolsas ofertadas.

Como é contabilizada a nota do Enem?

As notas só podem ser calculadas pelo Inep, mas a teoria para alcançar os resultados se baseia na estrutura de cad prova. Se o candidato acertar muitas questões difíceis e falhar nas fáceis, o sistema de correção presume que este candidato arriscou as respostas e por isso, sua nota pode baixar.

Quando muitos estudantes acertam determinada questão, o sistema do TRI a considera de fácil resolução. Também é considerado o peso do seu curso escolhido. Se você acertou mais questões de exatas que de humanas, será provável que a sua nota para os cursos de exatas fique maior.

Vale a pena ir para cidade de São Paulo para trabalhar?

Não é novidade que São Paulo é um metrópole para os negócios e líder em educação. Mas será que, considerando a super população da cidade, ainda vale a pena tentar a vida na cidade grande? Veja a seguir se ainda é vantajoso ir para a cidade de trabalho em busca de emprego e o porquê:

Formação Profissional

Existem muitas oportunidades em São Paulo, principalmente para determinadas áreas do mercado de trabalho. Em contrapartida, vale lembrar que o patamar de currículo pode ser alto também.

Portanto, antes de arriscar uma mudança, não esqueça de colocar na balança a sua formação profissional. Se você ainda não possui nenhuma formação, o ideal é começar a pensar em que curso você irá fazer.

Vale a pena conferir o que o mercado de trabalho tem precisado na cidade e garantir uma afinidade com a formação. Não adianta se mudar para um local em que o seu currículo não está valorizado!

Experiência

Um ponto que pode ser o seu grande diferencial como profissional é a sua experiência. Se você já tem alguns grandes feitos no seu currículo, pode valer a pena arriscar!

Uma boa dica é candidatar o seu currículo para as empresas e ver qual o retorno. Você pode usar diversos aplicativos que ajudam na busca de empregos para isso e nem precisa se locomover.

Mercado de Trabalho

Claro, o ponto mais importante para saber se é vantajoso se mudar para a cidade em busca de emprego é o mercado de trabalho. Se você já tem uma área de atuação, pesquise como andam as oportunidades para os profissionais com a sua formação.

Se você ainda não tem uma formação ou pretende mudar de área para sse enquadrar ao mercado da cidade, existe uma grande expectativa de empregabilidade para determinadas áreas do mercado e esta pode ser a sua chance.

Vale lembrar que uma formação de curta duração pode ser a melhor opção se você estiver precisando ingressar no mercado de trabalho com urgência.

Objetivos

Muita gente acaba se perdendo sem a devida organização e você não quer acabar trabalhando por anos em algo que não havia planejado. Por isso, é importante manter os seus objetivos.

Mantenha o foco e planeje minuciosamente como será a sua trajetória de trabalho. E não se esqueça de estar sempre com o orçamento no controle até que você se estabilize. Esta pode ser a sua grande oportunidade, mas irá depender das suas expectativas e preparo!

10 pontos turísticos que você precisa conhecer em São Paulo

São Paulo é um dos estados com maior população do Brasil. Além disso, a região também ganha destaque em tecnologias, educação e claro, pontos turísticos. Se você vai para São Paulo ou já mora na região, descubra SP de outra forma conhecendo os 10 pontos turísticos mais incríveis do estado:

1. Parque Ibirapuera

São Paulo está repleta de locais históricos, construções modernas e ambientes incríveis. Quem visita a região não pode deixar de passar pelo Parque Ibirapuera. O parque urbano está presente em quase todas as excussões da região e é conhecido internacionalmente.

2. Pátio do Colégio

Outro ponto muito famoso e que vale a pena conhecer é o Pátio do Colégio. O local é recomendado principalmente para quem valoriza a história e a arte, pois é um sítio arqueológico. Tendo grande representação jesuíta, o Pátio do Colégio marca a história da cidade de São Paulo.

3. Instituto Tomie Ohtake

Ainda para quem aprecia arte e história, vale mencionar o Instituto Tomie Ohtake, um centro cultural que atrai centenas de expectadores a cada exposição. Uma boa dica é verificar com antecedência as opções de exibição que você poderá ter no Instituto.

4. Pinacoteca do Estado de São Paulo

Para falar da arte da história de São Paulo, é preciso ressaltar a importância do ponto turístico Pinacoteca do Estado de São Paulo. O local é um dos mais importantes museus da região e possui grande valorização nacional.

5. Avenida Paulista

São Paulo é um centro comercial que nunca dorme, portanto, para sentir a energia dos paulistas você precisa visitar a Avenida Paulista. O local é um importante centro comercial que possui diversos prédios, museus e negócios.

6. Teatro Municipal de São Paulo

O Teatro Municipal de São Paulo é um dos locais mais valorizados e aclamados da região, possuindo diversos espetáculos que encantam e conquistam o público.

7. Jardim Botânico de São Paulo

O Jardim Botânico de São Paulo é um ambiente único, de estrutura inovadora e espetacular. O local promove experiências únicas e uma arquitetura que une urbanismo e natureza.

8. São Paulo Zoo

Quem não deixa de visitar pontos turísticos únicos de um local, vai com certeza querer passar pelo São Paulo Zoo. O zoológico proporciona uma experiência maravilhosa para seus visitantes.

9. Rua 25 de Março

Como você já sabe, São Paulo é um dos maiores centros comerciais do país e um bom exemplo desta variedade de compra e venda é a Rua 25 de Março. Lá você pode comprar de tudo por um preço baixo.

10. Aquário de São Paulo

O Aquário de São Paulo abriga diversas espécies marinhas e possui uma estrutura única, totalmente pensada para a proposta do local turístico.

Conheça São Paulo com a gente!

Já sabemos que a cidade de São Paulo é um centro comercial super populoso, mas existe muito mais pra se descobrir na região e o site Aprenda 450 anos está no ar para ajudar você!

Apesar de moderna, São Paulo é uma cidade de história e poder cultural. E o melhor jeito de conhecer tudo sobre a cidade é acompanhando a plataforma do Aprenda 450 anos.

Deixe São Paulo surpreender e conquistar você! A cidade é sinônimo de qualidade de ensino, por isso, fique sabendo através do site tudo de mais exclusivo que esta metrópole tem a oferecer.

Está buscando oportunidades de crescer profissionalmente? Quer realizar o curso dos seus sonhos? Ou está planejando aquela viagem dos seus sonhos? São Paulo pode oferecer tudo isso para você de uma forma bastante especial.

Se está visitando pela primeira vez ou quer ver a cidade sob uma perspectiva totalmente nova, conheça São Paulo por todos os viés, desde a sua história as suas oportunidades.

Mas como encontrar tantas informações diferentes? É simples! Visitando o site Aprenda 450 anos, você tem acesso a todos esses conteúdos no mesmo lugar.

Então, não perca tempo! Fique atento as dicas da plataforma e deixe-se envolver por tudo de melhor que a cidade de São Paulo tem para você!